tecnologia    
A tecnologia como base para a educação a distância
Recursos da plataforma Blackboard são customizados pela equipe do Senac São Paulo para facilitar a interação de professores, tutores e alunos

Graças aos esforços dedicados ao desenvolvimento de poderosas ferramentas tecnológicas, o crescimento e a popularização da educação a distância alcançam números cada vez mais expressivos. Na verdade, a tecnologia está presente nos principais fundamentos desta modalidade de ensino: desde a criação da infraestrutura necessária para a realização de um curso e a apresentação do conteúdo pedagógico, até o desenvolvimento das interfaces de comunicação e aprendizagem.

Fábio Gomes Pereira, coordenador de Tecnologia do Núcleo de Tecnologias Aplicadas à Educação do Senac São Paulo, lembra que os recursos tecnológicos sempre estiveram presentes nesta modalidade. “Desde o início, quando utilizávamos o rádio e a televisão para levar cursos às mais diversas localidades, a tecnologia sempre foi fundamental para a evolução da educação a distância”, conta.

Hoje não é diferente, pois o uso da tecnologia é intrínseco à modalidade a distância. “Procuramos fazer o melhor possível com os recursos disponíveis nas tecnologias atuais para aperfeiçoar a transmissão das informações necessárias a cada curso”, completa.

Com o objetivo de manter a tecnologia em dia, aliada aos recursos pedagógicos, o Senac São Paulo utiliza o Blackboard, uma das mais avançadas plataformas de Learning Management System (Sistema de Gerenciamento de Aprendizagem).

Acessado pelo site do próprio Senac São Paulo, o Blackboard permite o completo gerenciamento do curso, com funcionalidades que facilitam a comunicação entre professores, tutores e alunos por meio de chats, fóruns e outras ferramentas.

Uma destas é a Galeria, ferramenta desenvolvida pela equipe de desenvolvimento de software do Senac São Paulo, com base nas necessidades apontadas por professores e alunos. “Decidimos criar a Galeria para explorar mais a tecnologia disponível e adotar alguns conceitos de web 2.0, com design moderno e a utilização de recursos mais interativos”, conta o desenvolvedor Danilo Barboza.

De acordo com Ariádiny Maciel, assistente de Coordenação Pedagógica do Senac São Paulo, a nova Galeria é baseada em três focos: organização, colaboração e avaliação. “Em termos pedagógicos, ganhamos recursos que favorecem o processo de aprendizagem, de forma mais fácil e dinâmica”, avalia. Assim, o resultado da ferramenta customizada permite que alunos e professores troquem arquivos, trabalhos e atividades, fazendo comentários e sugestões.

Para um futuro próximo, o Senac São Paulo planeja inserir novas funcionalidades à Galeria, como oferecer acesso exclusivo aos alunos a algumas áreas, inserir e visualizar a foto dos estudantes e incluir uma agenda para controle da entrega de trabalhos. Além disso, será desenvolvido um sistema para o envio automático de e-mails para que os alunos recebam mensagens de alerta sobre o tema de novos trabalhos solicitados e os prazos definidos pelos professores.

Outra ferramenta interessante é a Perfil, que permite a aproximação entre os participantes dos cursos para melhorar o relacionamento do grupo. A partir da criação de perfis, é possível trocar experiências profissionais e pessoais.

Além de todas as funcionalidades inseridas no Blackboard, o Senac São Paulo também oferece o acesso ao Adobe Connect para acompanhar a apresentação de aulas a distância em tempo real. Dessa forma, o tutor pode realizar apresentações em PowerPoint e interagir com os alunos por meio de vídeo, voz e imagem.

   
Cursos a distancia
copyright 2009